esenptitderu

O que têm em comum o teu creme e o Prémio Nobel de Medicina 2017?

Todas as noites acontece o mesmo, apenas aterrar no sofá e fecham-se os olhos… já te aconteceu tantas vezes que desejaste arrancar os cabelos. E o que acontece quando sobes à passadeira? E nas aulas de yoga? Sempre que te propões a fazer um pouco de exercício parece que te convertes numa máquina de bocejos. Tranquila… que isto acontece a todas e além disso tem solução! Chegou o momento de prestar atenção ao nosso relógio circadiano e de parar de viver os minutos a contrarrelógio.

Três científicos estadunidenses Jeffrey C. Hall, Michael Rosbash e Michael W. Young foram galardoados com o prémio Nobel de Medicina 2017 pelas suas descobertas sobre os mecanismos moleculares que controlam o ritmo circadiano, ou igualmente, analisaram as mudanças físicas, mentais e de comportamento que se produzem de dia e de noite e que seguem num ritmo, mais ou menos, de 24 horas. Estas mudanças atuam como sendo o nosso próprio relógio biológico interno.

A base desta descoberta é muito o que pensam que, no futuro, haveremos desenvolvido hábitos de vida mais sãos e que os tratamentos serão mais personalizados e, consequentemente, mais eficazes. Se quase todas as células do corpo humano têm o seu próprio relógio interno autorregulado, poderá chegar-se a calcular a melhor hora para que uma pessoa tome um determinado fármaco, ou a melhor hora para aplicar um tratamento cosmético para a regeneração da pele, por exemplo. Também se poderá determinar o melhor momento do dia para fazer desporto, a melhor hora para comer ou jantar, entre outras cosas.

Todos os dias temos muitas oportunidades de escutar o nosso ritmo biológico e de começar a fazer-lhe caso. Agora mesmo, enquanto lemos este post, damo-nos conta das coisas que poderíamos mudar para melhorar a nossa qualidade de vida, a nossa saúde, a nossa aparência e, porque não, a nossa felicidade.

 

Entre os pequenos passos que podemos dar nesse sentido, podemos disfrutar dos benefícios dos cremes ou tratamentos cujas fórmulas respeitam o ritmo circadiano da pele. Ao criar Bella Noite, os cientistas dos laboratórios de Bella Aurora encontraram uma solução que ajusta o relógio circadiano das células e dota-as da energia necessária para recuperar o processo de regeneração e reparação celular noturna natural, aportando um impulso extra à atividade noturna das células.

Procuravas um creme no qual confiar? Agora já tens um creme digno de prémio Nobel!