esenptitderu

O ABC das manchas na pele

Susanna Roca, membro da Sociedade Espanhola de Químicos Cosméticos (SEQC) e Formuladora em Bella Aurora Labs informa que “a formação de manchas na pele é uma preocupação cada vez mais comum em mulheres de todas as idades. Em Espanha há 1,5 milhões de mulheres que consomem cremes anti-manchas, 54% mais que em 2010” e que, por essa razão, “muitas empresas e marcas do setor da cosmética começou a incluir nas suas linhas produtos anti-manchas”.Susanna Roca- blog

Depois de mais de 10 anos dedicando-se exclusivamente ao estudo das manchas cutâneas, Susanna Roca alerta para a necessidade de preveni-las em vez de tratar as existentes.

“A problemática da pigmentação na pele desperta quando detetamos uma mancha no nosso rosto. Devemos saber que temos que tratar as manchas existentes e al´me disso proteger a pele para evitar a formação de novas.”

“É muito importante entender o processo de formação de uma mancha: no momento em que a radiação solar incide sobre nossa pele, esta defende-se gerando melanina. A melanina produzida migra até à superfície da epiderme e, por uma disfunção do organismo, em vez de repartir-se de forma homogénea se encontra num ponto gerando uma mancha”, explica Susanna Roca.

A maior parte das manchas são produzidas pelo sol, outras emergem porque as temos latentes nos nossos genes ou seja, são hereditárias e outras que aparecem devido à idade.

Susanna Roca ajuda-nos a conhecer os diferentes tipos:

“Existe o Melasma que são manchas de cor castanha que aparecem sobretudo em mulheres a partir dos 30 anos. Produzem-se pelo sol, mas podem intensificar-se por mudanças hormonais como gravidez ou toma de anticonceptivos. Efélides ou sardas são acumulações de pigmento em zonas pontuais. Normalmente são genéticas mas a exposição ao sol faz com que ao longo dos anos aumente o seu número. Lentigos senis são as manchas que aparecem com a idade. Têm uma componente genética além duma acumulação duma proteína chamada lipofuscina mas, como em todas as manchas, com o passar do tempo, se não nos protegermos do sol, aparecem mais”.

Os 7 mecanismos despigmentantes da mancha

Os laboratórios de Bella Aurora são os únicos que detetaram os 7 mecanismos do processo de formação da mancha, pelo que os seus produtos contém ingredientes cuidadosamente selecionados para atuar sobre cada um destes mecanismos e alcançar a despigmentação das manchas de melanina e lipofuscina além de prevenir.

Prevenir, tratar e eliminar as manchas cutâneas, pode-se!